quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Como começar? Pra ser sincera nem sei mexer ainda no blog, tá indo aos poucos. Já faz algum tempo que leio alguns blogs sobre ana e mia, me sinto no meu "mundo", as vezes quero comentar mais não posso por não possuir um blog, sempre tive vontade de ter, mais confesso que me batia um certo receio, medo de alguém descobrir minha identidade e contar sobre a Ana pros meus pais, até que hoje decidi criar um, preciso conviver com pessoas que passam pelas mesmas situações que eu, quero desabafar com alguém que me intenda. Bom vou falar um pouco sobre mim.
Tenho 25 anos, fui bem magra até meus 9 anos, comecei a engorda com 10, aos 13 anos pesava 89 kgs (sim, era uma orca), aos 13 já tinha minha altura atual 1,73, pesar 89 kgs na época de escola, não é legal! Só quem passou por isso sabe o quanto é triste, piadinhas constantes, sempre com poucos amigos, comecei a sentir vergonha do meu corpo, me isolava na escola, quando era zuada aquilo me doía por dentro, mais fingia que não era comigo e passava um ar de "superior", e quando chegava em casa descontava tudo na comida, comia feito uma gorda desesperada e passava o resto do dia chorando no quarto, com o som ligado no alto pra ninguém ouvir. Mais tbm em casa não era diferente, minha mãe dando indireta que eu precisava emagrecer, me botando apelidos, era o que mais me doía. Aos 15 não aguentei mais e procurei ajuda medica, fiz regime fui pra 65 kgs, ainda estava gorda, mais já estava num peso "aceitável" perante aos demais alunos, mudei de escola, as piadinhas pararam. Mesmo assim aquilo me marco muito, passei minha adolescência me sentindo uma orca, chorando escondida, e sofrendo pra me manter nos 65 kgs pelo menos. Aos 17 anos me tornei vegetariana, acho que se comesse carne ia ta enorme. Aos 18 na faculdade, comecei a engorda de novo fui pra 79, e todo aquele medo de ser zuada volto, foi ai que a Ana surgiu pra me salvar, aos 19 anos. Consegui emagrecer, cheguei a 54 kgs, era feliz, mesmo não sendo mtu magra, mais estava linda (pelo menos me sentia linda), era elogiada, foi nessa época que conheci meu primeiro namorado, se perante a sociedade eu era feliz e magra, dentro de casa era um inferno, tava ficando cada vez mais difícil comer sem meus pais por perto, pra depois falar que já havia comido mtu, começaram a me vigiar, passaram a me obrigar a almoçar junto com eles, odiava. Até que aos 21 meu pai me forço a ir ao médico e lá ele me fez fazer um regime pra ganhar peso, falou que estava com anemia, ai vi todo meu esforço indo água abaixo, todo meu esforço em vão, voltei a pesar 62 kgs, o peso que o medico considerava "saudável" pra mim ¬¬. Aos 22 anos, depois de um tempo meu pai acabo parando de pegar no meu pé, ai já era tarde, voltei pros 68 kgs! Queria morrer! Até que aos 24 decidi que não aceitaria mais esse peso de gorda, a ana voltou! dessa vez é pra ficar! Hoje to com 25 anos e pesando 59, sei que é mtu, mais já é um começo, to usando 38, o peso máximo que aceito é 56 kgs, mais que isso não quero e vou conseguir, só falta 3, tudo bem que não vou ser magérrima mais pelo menos não vão me encher o saco, e vou ser pelo menos magra! Essa é minha história, sintam-se a vontade para comentar!